Tags: manutenção

Como é feita a manutenção na aviação

Manutenção é o conjunto de todas as ações efetuadas para manter a aeronavegabilidade de uma aeronave, seja avião ou helicóptero. Entende-se por aeronavegável, a situação de uma aeronave que está apta e pronta para voo, por estar em dia com o cumprimento de todas as inspeções, componentes com vida limite ou revisão em dia, Boletins e Diretrizes de Aeronavegabilidade aplicáveis a tal aeronave.

Os serviços de manutenção, sua periodicidade e complexidade, são baseadas nos programas de manutenção do fabricante da aeronave, do motor e da hélice, independentemente, pois normalmente os fabricantes desses artigos não são os mesmos.

Além do programa de manutenção dos fabricantes, é obrigatório cumprir as Diretrizes de Aeronavegabilidade. Essas diretrizes são emitidas pelo órgão regulamentador do país onde a aeronave esteja operando. No caso do Brasil é a Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC).

A ANAC, através de regulamento pertinente às Diretrizes (RBAC 39), torna obrigatório o cumprimento das mesmas emitidas pelo país detentor do projeto de tipo do artigo, seja este artigo aeronave, motor, hélice e/ou componente.

Ex: a aeronave BELL 206 (detentor do projeto de tipo = Canadá) possui instalado um motor cujo detentor do projeto de tipo é americano. Nesse caso, cumprem-se as Diretrizes brasileiras e canadenses para o modelo de aeronave e cumprem-se as Diretrizes brasileiras e americanas para o modelo de motor.

A manutenção não é tão complicada como muitos pensam, mas também não é tão simples, pois a regulamentação é rígida e a fiscalização é contínua e é por isso que não ocorrem tantos acidentes por falha de manutenção como ocorrem acidentes de trânsito.

 

Arildo Freitas
Mecânico de Manutenção de Aeronaves